Memories…

Porque a gente as vezes tem essas lembranças que vem do nada né? agora me lembrei da música “Confortably Numb” do Pink Floyd (que aí abaixo, mas no filme “The Wall”) e me veio imediatamente a mente a versão que toca em Os Infiltrados e claro que me lembrei de tudo no filme, em como vi o filme.

Aonde eu vi é fundamental – Cine Palácio, o mais lindo do Rio (pelo menos desde que eu me mudei em 2006), e que fechou inescrupulosamente ano passado. Tá sendo editado um filme justamente sobre o último dia do cinema, dirigido pelo camarada Bruno Forain e feito com um bando de maluco da UFF e sobre as memóras, mas claro que para ele funcionar tem que ser mais amplo. Mas fico pensando, se fosse uma ficção, ccom um personagem e tudo, seria brega mas seria lindo ver os filmes que marcaram a vida dele ali naquele cinema.

Lá, eu vi cópias restauradas de O Homem do Sputnik e O Poderoso Chefão (lindíssima, da coleção privada do Coppola, tanto que foi exibida rolo a rolo), a primeira vez que vi meu filme do coração, Não Estou Lá numa cabine do festival do Rio 2007… e tantos outros filmes…e enfim era lindo lá.

Depois da sessão de Os Infiltrados, em outubro de 2006 quando tinha acabado de sair da casa da minha tia e ido morar sozinho, ainda tive que sair procurando uma lan house aberta pra enviar meus votos do ranking de festivais de 2006. Sinceramente, não lembro se achei ou se votei no dia seguinte e o Chico deixou mas não importa. E eu vi com o Calac, o Marvin da Liga, o filme. Nem lembro de tanta coisa do filme (só que eu fui o único no jornal pra qual escrevia que curti o Whalberg e jurava q o Tio Jack ia levar o Oscar), mas o que ficam são memórias interligadas.

Tou tendo muitas delas ultimamente.

(Ah e semana que vem quero voltar a postar sobre filmes que andei vendo nos cinemas mês passado!)

Anúncios

3 Responses to Memories…

  1. Anderson disse:

    Foi mto triste o Palácio ter fechado mesmo. Tbm assisti a pré-estréias mto boas ali do Festival do Rio. E Scorsese realmente sabe escolher uma trilha-sonora.
    Abs!

  2. Wallace disse:

    Mateus, curioso esse seu post, porque tenho Corfortably Numb na minha playlist e, sempre que escuto, lembro do THE DEPARTED. E me dá uma vontade louca de revê-lo!

  3. Mateus Nagime disse:

    Nossa, Anderson, toda vez que eu passo ali na frente, me dá uma dor enorme. Podia ao menos ter tido uma despedid abacana como foi com o Paissandu né? Que alias, falaram tanto que ia voltar e nada…

    E Wallace, escrevendo o post também me deu uma vontade danada de rever! Ainda bem que foi de madrugada e não dava pra ir na locadora. rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: